1 de Maio – Dia do Trabalhador

O Dia do Trabalho, também conhecido como Dia do Trabalhor, é dedicado a festas, manifestações, passeatas, exposições e eventos reivindicatórios e de conscientização.

1 de Maio – Dia do Trabalhador

O Dia do Trabalho, também conhecido como Dia do Trabalhor, é dedicado a festas, manifestações, passeatas, exposições e eventos reivindicatórios e de conscientização.

A data foi escolhida quando, em 1886 na cidade de Chicago nos Estados Unidos, milhares de trabalhadores foram às ruas reivindicar melhores condições de trabalho, como a redução da jornada de trabalho de treze para oito horas diárias, fazendo uma grande greve geral.

No Brasil, a data é comemorada desde 1895, mas só em 26 de setembro de 1924 que a data se tornou oficial, com a criação do decreto nº 4.859 do então presidente Arthur da Silva Bernardes, que estabeleceu a data como feriado nacional destinado à comemoração dos mártires do trabalho e confraternização das classes operárias.

Porém, entre 1930 e 1940, o presidente Getúlio Vargas passou a usar a data para divulgar a criação de leis e benefícios trabalhista e passou a chamar a data de “Dia do Trabalhador”. E no dia 1º de maio de 1940, Vargas instituiu o salário mínimo para suprir as necessidades básicas da família como moradia, alimentação, saúde, vestuário, educação e lazer. E, em 1º de maio de 1941, foi criada a Justiça do Trabalho, destinada a resolver questões judiciais relacionadas as relações de trabalho e aos direitos dos trabalhadores.